terça-feira, 12 de outubro de 2021

Cinco fatos históricos em que a tecnologia mudou o mundo

Toda vez que a tecnologia é adaptada para se aproximar do usuário final, o impacto é profundo

Imagem Pixabay

Nos últimos 50 anos, a tecnologia evoluiu em uma rapidez impressionante e seguirá evoluindo de maneira exponencial. Para ter dimensão dessa rapidez, é preciso dar uns passos atrás. É por isso que especialistas da Service IT, empresa especializada em outsourcing e consultoria nas áreas de TI e segurança cibernética, listaram cinco fatos históricos em que a TI se aproximou do usuário final e mudou o mundo para sempre.

A invenção da internet - Em 29 de outubro de 1969, a Universidade da Califórnia (UCLA) e o Instituto de Pesquisa de Stanford estabeleceram a primeira conexão Arpanet. O professor da UCLA Leonard Kleinrock e seu aluno Charley Kline fizeram o primeiro contato online da história com Bill Duval, programador do Instituto. Desde então, a internet tem facilitado a vida de pessoas do mundo todo, que utilizam e-mails, chats e mensagerias para se comunicar livremente, compartilham textos, imagens, áudios e vídeos, se informam e estudam, se entretém com streaming de conteúdos variados, como músicas, livros e filmes, recorrem a mapas para se localizarem e muito, muito mais.

Ferramentas de busca - É praticamente impossível imaginar a internet sem ferramentas de busca como o Google, Bing e Yahoo, afinal, elas organizam o conteúdo massivo que existe na world wide web (www), a rede mundial de computadores. Entretanto, até 1993, quando foi inventado o primeiro motor de busca, não era possível pesquisar por sites com a facilidade e segurança que temos hoje.

O primeiro banco de dados de indexação de sites foi o Wandex, criado nos EUA e idealizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) , tornando- se pioneiro na captura de URLs e na geração de uma base de dados de sites.

Computadores pessoais - Em 1971, o primeiro computador pessoal (PC) foi criado e foi um fracasso de vendas. A empresa responsável pelo Kenbak-1 precisou fechar as portas. Já em 1976, a empresa americana Apple, que hoje é uma gigante da tecnologia, começou suas operações produzindo o Apple-I, considerado nichado e apenas para entusiastas. Foi apenas com o segundo modelo, o Apple-II, que os computadores pessoais viram sua popularidade crescer. Por conta de sua capacidade de receber atualizações e upgrades, o PC foi fenômeno de vendas um ano após o lançamento de seu antecessor. 

A união entre hardware e software mais potentes ao longo dos anos criou uma corrida de desenvolvimento que se mantém até hoje, com atualizações constantes nos sistemas MacOS, Windows, Linux e muitos outros, o que só favorece os consumidores.  

Toda a informação na palma da mão - O primeiro smartphone foi criado em 1992 pelo americano Frank Canova para a IBM e foi o pioneiro na multifuncionalidade dos celulares. Além de realizar ligações, o IBM Simon tinha outras funções e aplicativos, como uma calculadora interna, o envio de e-mails, um calendário e um bloco de notas.

Entretanto, a revolução dos aparelhos inteligentes ocorreu mesmo em 2007 com a chegada do primeiro iPhone. A apresentação de Steve Jobs mudou a indústria com a adição da tela Touchscreen, num momento em que as teclas físicas eram o padrão, e com a possibilidade de customizar o aparelho conforme o gosto do usuário baixando aplicativos na AppStore. A partir daí, surgiu uma nova indústria gigantesca que conhecemos hoje, com jogos, utilitários, apps de estudo, paquera, jornalismo, streaming, redes sociais, tudo na palma da mão.

Juntos, mas separados - Em 2020, a pandemia da Covid-19 trouxe testes de fogo para a área de TI, pois foi necessário - e ainda é - manter empresas e colaboradores conectados o tempo todo, principalmente, por conta do distanciamento social necessário. Com mais pessoas em casa, foi preciso atualizar sistemas e criar novos métodos de trabalho remoto que fossem fáceis e práticos. 

As reuniões em aplicativos de videoconferências como Webex, Zoom, Teams e Meets se tornaram comuns, e a adaptação à nova rotina foi rápida. O sistema híbrido veio para ficar e a Tecnologia da Informação será ainda mais essencial para todos. 

Sobre a Service IT

Integradora de soluções e serviços de TI desde 1995, a Service IT é especializada em outsourcing e consultoria. A empresa conta com uma equipe de profissionais altamente treinados e distribuídos em escritórios em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Santiago, com estrutura preparada para atender toda a América Latina. 

Fonte: RPMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas